< Voltar

Uningá inicia pós-graduação em Controle da Dor e Medicina Paliativa

21 de março de 2017

Tem início nesta sexta (24/3), na Uningá - Centro Unversitário Ingá -  de Maringá, a pós-graduação (lato sensu) em Controle da Dor e Medicina Paliativa. É a única do gênero, no Paraná, dirigida para médicos e será coordenada pelo professor-doutor Orlando Colhado, referência na área e reconhecido internacionalmente por ter sua trajetória clínica e acadêmica de mais de 15 anos dedicada ao estudo da dor.

O curso contará um corpo docente igualmente qualificado com professores da Uningá, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade de São Paulo (USP) entre outras.

Segundo o coordenador, também doutor em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo (USP), com ênfase em tratamento da dor, o objetivo do curso é ampliar o número de médicos nesta especialidade, em razão dos poucos profissionais com essa formação, em âmbito nacional. Ainda segundo Dr. Colhado, no Paraná, não passam de 20, o número de profissionais com titulação de especialista em dor na área da anestesiologia.

O curso terá duração de 18 meses, com aulas um fim de semanas por mês e certificado pelo Ministério da Educação (MEC). As aulas serão ministradas às sextas-feiras das 13h30 às 18h30 e das 20h às 22h; aos sábados, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Perfil - O especialista em dor é um estudioso das síndromes dolorosas. Uma de suas principais características é diagnosticar a causa da dor e a partir daí escolher os melhores protocolos para o controle com o uso de medicação adequada. Ainda nesse aspecto, os procedimentos percutâneos guiados por imagem (ultrassom e intensificador de imagem) são importantíssimos no controle da dor. 

DESTAQUES VEJA TODOS