< Voltar

Dia de Campo da Uningá apresenta diversificação agrícola

24 de abril de 2017

A Uningá - Centro Universitário, de Maringá, realiza no próximo dia 29 de abril o 1º Dia de Campo em seu Núcleo Experimental de Agronomia. A grande variedade de culturas próprias para a região marca a atividade, que vai reunir cerca de 300 estudantes de agronomia, professores do curso, técnicos agrícolas e produtores da região.

 

São 28 estações montadas numa área de aproximadamente 14 hectares, anexa ao campus, onde os estudantes desenvolvem suas atividades práticas, testando novas espécies e tecnologias que podem ser úteis ao homem do campo.

 

Entre as culturas em desenvolvimento no Núcleo Experimental estão coco, laranja, mandioca, algodão, milho, soja, trigo, rosas ornamentais, cana-de-açúcar, aveia, feijão, café, flores, amora, banana, abacaxi e verduras. Há ainda o plantio de árvores nativas, eucalípto e um campo agrostológico, com diferentes espécies de capim sendo testados.

 

Segundo o coordenador do curso de agronomia da Uningá, professor Sérgio Ricardo Sirotti, embora a soja e o milho sejam as culturas de maior destaque na região, o encontro técnico traz novidades. Entre elas, seis variedades de algodão e quatro de amora. O café ITR 107, uma planta vigorosa e resistente à ferrugem , resultado de pesquisas do Programa Café Iapar, também será apresentado.

 

Para garantir o melhor desempenho das culturas e a redução do risco de perdas, toda a área destinada ao Núcleo de Agronomia possui um sistema moderno de irrigação por microaspersão e gotejamento, que também poderá ser conhecido pelos visitantes.

 

O Dia de Campo começa às 8 horas da manhã e se estende até as 12 horas, com visitação aberta aos interessados. O Núcleo Experimental de Agronomia fica na rodovia PR 317, saída para Astorga, anexo ao campus da Uningá .

DESTAQUES VEJA TODOS