< Voltar

MEC reconhece três novos cursos da UNINGÁ com notas 4 e 5

07 de abril de 2017

Os cursos da UNINGÁ, Arquitetura e Urbanismo, com nota máxima 5, Engenharia Elétrica e Medicina Veterinária - ambos com nota 4 - foram reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), conforme Portaria nº 651, publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta, 30 de junho de 2017. O reconhecimento do MEC legitima a qualidade e estrutura dos cursos, corpo docente e projeto pedagógico e consolida todo empenho dos gestores da instituição.


Embora vários quesitos sejam avaliados pelo MEC, os coordenadores foram unânimes em destacar a qualidade do corpo docente e da estrutura como diferenciais dos cursos. “Temos ainda, uma proposta pedagógica inovadora e flexível que permite a integração de conteúdos e disciplinas”, comenta a coordenadora de Arquitetura e Urbanismo, Alessandra Izelli, ao comentar a conquista da nota máxima: 5.


O Curso de Engenharia Elétrica da UNINGÁ possui laboratórios extremamente modernos como o sistema Smart grids, ou “redes inteligentes”, dotado de recursos de tecnologia da informação e elevado grau de automação. O coordenador, professor Nilson Moutinho dos Santos, destaca ainda a aquisição de um laboratório de Análise e Inovação na Produção de Energia Renovável. O equipamento inovador permite simulações a partir de fontes solar on grid e off grid, eólica, células de combustível a hidrogênio. “É o único laboratório com esse sistema do Sul do País”, ressalta o coordenador.


Na Medicina Veterinária, a coordenadora professora-doutora Juliana Evangelista Bezerril, enfatiza, além do corpo docente qualificado, o Hospital-Escola Veterinário e a construção, já em fase já adiantada, de um novo hospital para atendimento a animais de grande porte. As duas unidades ficam em muito próximas ao campus da instituição, na avenida Morangueira. O ato de reconhecimento é, também, uma condição necessária para a validade nacional dos diplomas emitidos pela instituição. 

DESTAQUES VEJA TODOS