< Voltar

Minicurso de Normatização da ABNT com inscrições abertas

31 de agosto de 2017

A Assessoria de Pesquisa e Inovação está com inscrições abertas para o mini curso de normatização da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que será ministrado pela Bibliotecária da instituição Vaudice Donizete Rodrigues. Serão três etapas atendendo os profissionais que desejam passar pela formação.

No dia 21 de setembro das 8 às 12 horas o minicurso será ministrado aos médicos e residentes do Hospital Memorial. No mesmo dia, das 14 às 18 horas o curso será oferecido para todos os docentes da UNINGÁ, com 50 vagas. No dia 23 de outubro, das 13 às 17 horas, será a vez dos professores e alunos do Programa de Mestrado Profissional em Odontologia (PMPO). Todos os mini cursos serão no anfiteatro Anísio Teixeira da Reitoria.

O treinamento na Normatização da ABNT é a primeira ferramenta oferecida pela Assessoria de Pesquisa e Inovação (API) para incentivar a produção de artigos científicos. Na sequência a API vai realizar uma oficina sobre elaboração de artigos, a ser ministrado pela Prof. Dra Karina Freitas.

As inscrições para o minicurso de Normatização da ABNT devem ser feitas até o próximo dia 15 de setembro. Os médicos e residentes do Hospital Memorial confirmam as inscrições com o Prof. Dr Luiz Eduardo Amado. Os alunos e professores do PMPO devem se inscrever na Secretaria do Mestrado. Os docentes vão se inscrever pelo e-mail pesquisaeinovacao@uninga.edu.br, enviando nome completo, número de telefone celular e link do currículo Lattes.

Novo Grupo de Pesquisa na UNINGÁ

O Grupo de Pesquisa em Linguagens, Educação e Tecnologia, liderado pelas professoras Dra Arceloni Volpato e MsC Daniela Ferreira Correa foi inscrito no CNPq em 31 de agosto e reúne pesquisadores da UNINGÁ e convidados.

O GPLET é voltado a investigação na área de Educação e Tecnologias. A produção deste grupo de investigadores embasa o desenvolvimento do projeto de um novo mestrado na área. A proposta adianta a professora Arceloni é ampliar e sistematizar a produção científica da UNINGÁ, assim como criar novos níveis de formação profissional, com maior especialização.

DESTAQUES VEJA TODOS