< Voltar

UNINGÁ inicia Internato Psiquiátrico no Hospital Municipal

16 de outubro de 2017

Alunos do sexto ano do curso de Medicina da UNINGÁ iniciaram neste mês de outubro o Internato Psiquiátrico no Hospital Municipal, porta de entrada da emergência da especialidade em Maringá. Os acadêmicos agora terão contato com a realidade do atendimento emergencial, completando a formação na área.

Os estudantes conhecem os outros setores da psiquiatria como os centros de apoio psicossocial e as residências terapêuticas. Com o internato no Hospital Municipal os acadêmicos tem contato com outra área importante na especialidade.

São no total 22 acadêmicos que participam do internato em grupos de cinco por semana, o que garante maior rendimento e aproveitamento. “O importante na emergência psiquiátrica é que os alunos terão contato com pacientes que precisam de atendimento imediato, o que é importante na formação”, explica o professor doutor Thiago Fuentes, professor supervisor do internato.

Ele ressalta que pelas novas diretrizes todo internato precisa passar pela psiquiatria, o que valoriza ainda mais a formação do futuro profissional. Destaca ainda a importância do formando passar pela emergência, local onde vai receber uma melhor formação e onde boa parte inicia a vida profissional.

Maringá tem uma das mais completas estruturas de Saúde Mental do Paraná. Além da Emergência Psiquiátrica do Hospital Municipal, o município mantêm psicólogos em todas as Unidades Básicas de Saúde e equipes do Saúde da Família, o Complexo de Saúde Mental onde funcionam o Centro de Atenção Psicossocial para álcool e drogas (CAPSad II), um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II Canção), um Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi), além de duas Residências Terapêuticas. 

DESTAQUES VEJA TODOS