< Voltar

Acadêmicos e professores atuam no apoio da UNINGÁ Night Run

27 de novembro de 2017

Mais de 100 acadêmicos e professores de quatro cursos atuaram no apoio a vários setores da UNINGÁ Night Run que reuniu em torno de 2 mil atletas na noite de sábado (25) em Maringá. A prova disputada no entorno do Parque do Ingá é a terceira da temporada do circuito Paraná Night Ruuning.

Os acadêmicos e professores de Educação Física atuaram em praticamente todos os setores da prova. Foram os responsáveis pelo aquecimento e alongamento dos atletas antes e depois da prova, pelo controle da largada, da chegada e do percurso, pelas estações de hidratação, entrega das medalhas e ainda ofereceram recreação para o público no estande da UNINGÁ.

Fomos muito elogiados pelos organizadores pela participação ativa dos acadêmicos em todos os setores da prova”, conta a professora Paula Marroni, coordenadora do curso de Educação Física. Ela revela que mais de 50 alunos do curso participaram das atividades da corrida.

O curso de Fisioterapia realizou trabalho preventivo com os atletas. Supervisionados pelo professor Jorge Luis Grabowski, os acadêmicos orientaram os atletas no alongamento e após a prova na soltura muscular. “Eventos esportivos tem grande importância no processo de formação dos acadêmicos pois proporciona vivências diferenciadas dos atendimentos clínicos com enfoque mais direcionado ao atleta”, explica a professora Emilia Carvalho Kempinski, coordenadora do curso de Fisioterapia.

Os acadêmicos e professores da Enfermagem atuaram no apoio ao atendimento dos atletas e aferindo a pressão arterial do público. O curso de Nutrição fez orientação sobre a importância da alimentação saudável e a prática de atividade física para a qualidade de vida.

A UNINGÁ Night Run foi disputada em percursos de 5 e 10 mil metros em 12 categorias. O evento faz parte do calendário de corridas de rua do circuito Paraná Ruuning que já havia realizado duas provas anteriores à de sábado.  

DESTAQUES VEJA TODOS