< Voltar

Medicina Veterinária conscientiza sobre posse responsável

06 de dezembro de 2017

Projeto de extensão dos acadêmicos do 2º ano do curso de Medicina Veterinária da UNINGÁ está levando a conscientização sobre posse responsável à comunidade. Realizado através do Programa de Integração Escola Comunidade (PIESC), o projeto está em fase de tabulação dos dados.

A proposta, explica o professor Isaac Romani, orientador do projeto, é publicar um trabalho científico sobre o tema e elaborar um programa de posse responsável. “Muitas pessoas adotam ou compram um animal de estimação sem conhecer as características da raça ou espécie, o que às vezes leva ao abandono. Através do projeto vamos ajudar na conscientização das pessoas sobre as regras da posse responsável”, explica.

O primeiro passo foi colocar os alunos na busca de informações sobre o assunto. Os acadêmicos realizaram pesquisa e promoveram debate para definir as linhas de trabalho. Depois elaboraram um folder sobre posse responsável e receberam treinamento para a aplicação de um questionário.

Na abordagem além da aplicação do questionário os acadêmicos entregaram os folders orientando sobre as regras da posse responsável.

As principais orientações para quem pretende ter um animal de estimação observa o professor Isaac Romani, são levar em conta as características como tamanho e comportamento. Também deve ser observado o custo para manter o animal, o tempo disponível para interagir e a aceitação pela família.

Para os donos de gatos ou cães, o folder mostra os cuidados com higiene e saúde, a necessidade de acomodações e alimentação adequadas e a importância dos passeios especialmente com os cães. Destaca ainda a importância da castração e vacinação dos animais domésticos como forma de garantir também a saúde da família.

DESTAQUES VEJA TODOS