< Voltar

Educação Física define projeto de extensão com Programa Florescer

07 de dezembro de 2017

O curso de Educação Física da UNINGÁ e a Associação Atlética Maringá Rugby renovaram a parceria com o Programa Florescer para o projeto de extensão com as crianças atendidas pela entidade. No próximo ano além das modalidades já oferecidas como Rugby e Futsal as crianças terão também recreação aquática e acompanhamento do desenvolvimento motor.

A professora Paula Marroni, coordenadora do curso de Educação Física junto com a acadêmica Margrith Weiss Klauberg, atleta da Associação Atlética Maringá Rugby e a responsável pelo Programa Florescer, Fátima Souza se reuniram na UNINGÁ para definir a parceria.

A recreação aquática é um evento específico da disciplina de Esportes Individuais 2, ministrada pela professora Ana Amélia Anzolin e foi oferecida pela primeira vez aos alunos do Florescer este ano. “A recreação foi muito elogiada pelos coordenadores do programa e um sucesso entre as crianças por isso será uma atividade permanente para os alunos do Florescer em 2018”, reforça a professora Paula.

Ela diz que a partir do próximo ano a parceria terá ainda mais importância na formação dos acadêmicos. Além da responsabilidade pelo treinamento e recreação os alunos da Educação Física vão acompanhar o desenvolvimento motor das crianças do Florescer.

Com autorização dos responsáveis pelo programa e dos pais as crianças serão monitoradas por um grupo de pesquisa acadêmica para acompanhar o desenvolvimento motor com a prática das modalidades oferecidas. “Será muito importante para o desenvolvimento das crianças e também para o aprendizado dos nossos acadêmicos”, explica a professora Paula.

O Florescer é um programa que atende crianças e adolescentes em situação de risco ou vulnerabilidade social com atividades no contraturno escolar. Criado pelo empresário Raul Anselmo Randon, do Grupo Randon, o programa oferece uma série de atividades com reforço escolar, aulas de inglês, oficinas de modalidades esportivas, iniciação musical, dança e artesanato.

Em Maringá o Programa Florescer surgiu em 2009 dentro da proposta de responsabilidade social do Grupo G10. O Florescer G10 Maringá tem apoio da UNINGÁ.

As crianças são atendidas em um prédio próprio na sede do grupo que oferece transporte, uniforme e alimentação. Durante o primeiro ano o programa atendeu 42 crianças com diferentes atividades. Atualmente o programa funciona nos dois períodos e atende 84 beneficiários entre crianças e adolescentes.

DESTAQUES VEJA TODOS