< Voltar

Aula de pós-graduação aborda a importância do controle da dor

23 de fevereiro de 2018

O conhecimento para o controle da dor é cada dia mais importante em todas as especialidades, afirmou nesta sexta-feira (23) o médico e professor Sanderland José Tavares Gurgel, durante aula de pós-graduação em Controle da Dor e Medicina Paliativa na UNINGÁ. “Pelo menos 80% dos pacientes atendidos em todas as especialidades procuram ajuda médica por causa de dor”, afirmou Sanderland Gurgel.

A aula sobre síndromes dolorosas são ministradas por especialistas de várias áreas durante o curso. “Abordamos a dor em todas as partes do corpo para o aluno conhecer como identificar e tratar de forma correta todos os casos”, lembra o professor. No sábado a aula será no Ambulatório da UNINGÁ com bloqueios percutâneos para controle da dor.

Coordenado pelo professor doutor Orlando Colhado o curso reúne na UNINGÁ especialistas nas várias áreas ligadas ao diagnóstico e tratamento das síndromes dolorosas. “Procuramos reunir os melhores nomes e tratar todas as variantes relacionadas ao tratamento da dor”, explica Colhado.

As aulas desta turma vão até agosto e as matrículas já estão abertas para a próxima turma com início em junho. A pós-graduação tem duração de 19 meses e 600 horas em módulos mensais. O curso é dirigido a médicos formados e especialistas de todas as áreas, capacitando o profissional a identificar e discutir a problemática da dor crônica e aguda.

O médico Sanderland Gurgel é graduado em Medicina Humana pela Faculdade de Medicina de Petrópolis com residência em Anestesiologia pela Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP, especialista em Medicina Intensiva pela AMI, em Terapia Nutricional Enteral e Parenteral pela SBNPE, na Área de atuação em Dor SBA/AMB e Medicina Paliativa SBA/AMB; com mestrado em Anestesiologia pela Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP; doutorado em Anestesiologia pela Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP, e TSA (Título Superior de Anestesiologia).

Fotos Douglas Marçal

DESTAQUES VEJA TODOS