< Voltar

VISITA SENSORIAL É ATRAÇÃO NA FAZENDINHA DA EXPOINGÁ

11 de maio de 2018
A Maquete Ambiental, a Estuda de Sobrevivência e os Rios Voadores criados pelos integrantes da Agro Uningá Consultoria são as sensações para o público que visita a Fazendinha da Emater na Expoingá, especialmente as crianças e os deficientes auditivos e visuais. São cerca de 30 metros de caminho dentro de uma área de preservação permanente onde o público pode explorar as sensações. 
O visitante pode sentir a textura e o aroma de uma planta ou identificar uma flor pelo toque. Os deficientes visuais terão o auxílio de placas em braile para conhecer as variedades que estão sentindo na ponta dos dedos. No trajeto o visitante também pode ouvir os sons da chuva, de riachos, animais e outros característicos da floresta. 
O público pode ter contato com solos de diferentes texturas, plantas aromáticas e ambientes que remetem às características da Mata Atlântica. Os projetos da visita sensorial na Fazendinha da Emater na Expoingá foram desenvolvidos pelos acadêmicos e professores da Agro Uningá Consultoria. 
Junto com os professores José Francisco Lopes Júnior, Raffael Tófoli e Marcelo Gonçalves Balan e em parceria com os cursos das engenharias Elétrica, Mecânica e da Computação os alunos montaram os ambientes dos Rios Voadores e a Estufa da Sobrevivência. “São ambientes que mostram a importância da preservação ambiental especialmente aos agricultores e às crianças”, afirma o professor Raffael Tófoli.
A Fazendinha da Emater é um dos espaços mais visitados da Expoingá, passagem obrigatória para as excursões de estudantes e agricultores. A Agro Uningá Consultoria também divulga aos agricultores os trabalhos realizados pela empresa e participa em parceria com a Emater da realização do III Simpósio Paranaense de Flores e Plantas Ornamentais que será nesta sexta-feira. 
Para o professor Arney Eduardo Ecker o mais importante da participação da Agro Uningá Consultoria na Expoingá é a oportunidade de envolver os estudantes em toda organização e realização dos projetos levados para a feira. “Os acadêmicos aprendem muito nestes eventos pelo envolvimento desde o planejamento até a apresentação dos projetos”. 
DESTAQUES VEJA TODOS