ENGENHARIA MECÂNICA

OBJETIVOS GERAIS DO CURSO

O curso de graduação em Engenharia Mecânica da UNINGÁ tem como proposta a formação de profissionais, aptos para atuar nas áreas de processos de fabricação, máquinas, instalações industriais e mecânicas, sistemas térmicos, desenvolvimento de materiais e demais atividades afins. A formação do acadêmico contempla sua integração com a sociedade, na busca de soluções possíveis e aplicáveis à comunidade, visando à humanização do profissional em seu processo de formação continuada ao mesmo tempo em que permite o desenvolvimento de um perfil crítico e criativo, com crescente capacitação para a promoção de soluções técnicas no âmbito da engenharia mecânica.

PERFIL DO EGRESSO

O egresso do curso de graduação em Engenharia Mecânica da UNINGÁ será imbuído de uma forte consciência humanística e da necessidade de preservação ambiental, sem perder de vista sua capacidade de absorver novas tecnologias e de visualizar, com criatividade, novas aplicações para a Engenharia Mecânica por meio da análise e do estudo propositivo de soluções viáveis, competitivas do ponto de vista técnico e econômico.

Assim, o futuro engenheiro mecânico será apto para realizar atividades relacionadas à produção de insumos do setor secundário, seja pela elaboração, avaliação ou pela gestão de projetos, seja pelo planejamento, ou ainda pelo desenvolvimento de atividades relacionadas ao controle de produção em sistemas seriados e não seriados; a capacidade de liderança em consultorias, grupos de treinamento, bem como o devido embasamento para o desenvolvimento de projetos de pesquisa aplicada compõe o saber do egresso.

MERCADO DE TRABALHO

O Engenheiro Mecânico pode atuar em múltiplos seguimentos, dentre os quais destacam-se:

- Sistemas mecânicos: sistemas de transmissão e utilização de energia mecânica; sistemas estruturais metálicos; controle de vibrações e acústica; redes de distribuição de fluidos; máquinas e dispositivos transportadores e elevadores;

- Sistemas térmicos: sistemas de produção, distribuição e utilização de energia térmica. Instalações de condicionamento de ar e refrigeração; máquinas térmicas;

- Automação e controle: sistemas e instalações de controle eletromecânico, hidráulico e pneumático; automação de processos de fabricação e produção;

- Processos mecânicos: planejamento e operação de produção mecânica; metrologia, normalização e qualidade dos processos de produção; manutenção industrial; desenvolvimento de produtos;

- Meio ambiente: monitoramento de impacto ambiental; desenvolvimento e operação de procedimentos de controle de processos;

- Engenharia legal: avaliação e arbitragem; indústrias nos segmentos de mecânica, metalurgia, fabricação, produção, alimentos, bebidas, agrícola, fármaco química, celulose, vestuário e etc;

- Comercial, nos segmentos de serviços, seguros, comércio atacadista e varejista;

- Administrativo, nos segmento público e privado;

- Extrativo mineral; energia no segmento de geração, cogeração, manutenção, conversão e etc;

- Transporte terrestre, aéreo e marítimo;

- Estruturas metálicas na construção civil;

- Hospitalar nos segmentos de manutenção, biomecânica, utilidades e processos em geral e dentre outros;

- Ensino público e privado, bem como na pesquisa acadêmica.