Pesquisadora da área de Microeletrônica palestra para acadêmicos de engenharias da UNINGÁ
Calouros e veteranos receberam as boas-vindas conversando com a Doutora Linnyer Beatrys
Fonte:
Publicado em: 27/02/2019

A Doutora Linnyer Beatrys Ruiz Aylon, esteve segunda-feira (25/02) na UNINGÁ para dar as boas-vindas aos calouros e veteranos dos cursos de Engenharia Civil, da Computação, Elétrica e Mecânica, com sua palestra sobre “Engenharia Invisível”.   

Linnyer é coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação da UEM em nível de mestrado, é diretora da Sociedade Brasileira de Microeletrônica (SBMicro), é membro do Comitê Assessor de Microeletrônica do Ministério da Ciência Tecnologia e da Inovação e uma das gestoras do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Sistemas Nano e Microeletrônicos (INCT NAMITEC). 

O coordenador de Engenharia Mecânica da UNINGÁ, Professor Ricardo Bega de Andrade, afirmou que a escolha de convidar Linnyer para dar as boas-vindas partiu da sua vasta experiência na área. “A Linnyer tem muito a ensinar e ontem conseguiu mostrar algumas das inovações que estão em desenvolvimento por trás do que vemos por engenharia no dia-a-dia e aguçar o faro dos nossos futuros profissionais, visto que muitas vezes temos certa dificuldade em perceber”, ressaltou ele.   

Durante a palestra, a cientista relatou as dificuldades, as responsabilidades e as oportunidades da profissão. Em um dos seus exemplos, destacou a importância dos engenheiros, citando que o número de formigas existentes é de aproximadamente 100 quadrilhões, enquanto o número de chips (microprocessadores, memórias, ...)  supera 1 quintilhão, ou seja, em breve a maioria das "coisas" terá inteligência. Edificações, carros, eletrodomésticos e objetos do cotidiano terão chips que darão a eles capacidade de processamento, sensoriamento e conexão com a Internet, explicando assim a importância dos engenheiros no desenvolvimento tecnológico para um mundo de Internet de todas as coisas.  

Linnyer é uma das conselheiras do Ramo estudantil do IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos), a maior organização profissional do mundo dedicada ao avanço da tecnologia em benefício da humanidade que tem ações para atrair meninas para a área. Ela também desenvolve projetos sociais ligados à educação de jovens e crianças. MannaAcademy, projeto que visa motivar este público, leva microeletrônica e computação a mais de 06 públicas do Paraná e São Paulo. Na ocasião, os calouros e veteranos dos cursos de Engenharia da UNINGÁ, se comprometeram a arrecadar materiais escolares que serão destinados a escolas públicas. Ao concluir, a Doutora Linnyer enfatizou que ser feliz e ter disciplina são compromissos diários de quem quer ter sucesso.  

 Todo o corpo docente dos cursos de engenharia da UNINGÁ, agradece a presença da Linnyer e espera em breve recebê-la novamente.