Coordenadora do curso de Medicina da UNINGÁ tem Doutorado Aprovado pela UEM

A Coordenadora do curso de Medicina da UNINGÁ, Fernanda Cristina Coelho Musse, defendeu na última sexta-feira (29), a tese de Doutorado voltada a saúde mental durante a pandemia no Brasil, orientada pela Prof. Maria Dalva de Barros Carvalho, apresentada na Universidade Estadual de Maringá (UEM) e com grande sucesso aprovada pela mesma.

05/05/2022 14h

Um ensino de qualidade se faz com professores altamente qualificados e comprometidos com o ensino e pesquisa. Acreditamos nesse princípio e nos orgulhamos muito do nosso corpo docente formado por especialistas, mestres e doutores nas diversas áreas de conhecimento. Com diversos cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e especializações apostamos na competência do nosso corpo docente, como um dos grandes diferenciais, buscando ser referência no tripé educacional em ensino, pesquisa e extensão. Sendo assim, a instituição comemora a aprovação da coordenadora do curso de Medicina, Dra. Fernanda Cristina Coelho Musse, no programa de Doutorado em Medicina, na Universidade Estadual de Maringá – UEM.

A docente que já é Mestra em Ciências da Saúde, Doutora em Ciências da Saúde e Pesquisadora em Agravos à Saúde e Educação Médica ampliou seu conhecimento com sua pesquisa que aborda sobre “saúde mental durante a pandemia no Brasil, e uma expressão que nós cunhamos que é a violência mental que a população sofreu durante todo esse período pandêmico e que nós sabemos que vai precisar de muitas investigações e estudos durante muitos anos, visto que entramos em uma outra fase do período pandêmico do covid que ainda precisa ser estudado e acompanhado”, explica a Dra. Fernanda Cristina Coelho. Ela ainda afirma que, o que lhe chamou muita atenção na tese foi o aumento de frequência de pesadelos depois da abertura da pandemia associados a prevalência de diagnósticos de ansiedade e depressão.

Segundo a professora, é uma grande alegria e boa parte da sua dedicação foi relacionada aos alunos para que estimulem a vivência da profissão dentro do desenvolvimento de ciência e produção de conhecimento. A Dra. Fernanda Cristina salienta que “A UNINGÁ tem multiplicado as forças em relação a produção científica e o desenvolvimento da ciência dentro da instituição e meu doutorado vem reforçar toda essa cultura que já vem sendo construída na UNINGÁ, que isso se multiplique e continue sustentado em pilares firmes da produção científica, pois com certeza temos muito a contribuir, tanto para comunidade interna e externa a instituição de ensino”.

A Doutora agradece, e fala que “o sentimento de finalizar um doutorado com certeza é muito bom, mais uma etapa cumprida e que abre portas para diversas outras atividades dentro da ciência, apta a orientar e trabalhar junto aos meus alunos para a produção de conhecimento, assim como a minha orientadora Prof. Maria Dalva de Barros Carvalho que me ensinou de maneira brilhante, que a gente consiga passar isso para frente”.

Mais uma vez, a UNINGÁ parabeniza a Prof. Dra. Fernanda Cristina Coelho Musse por sua tese de Doutorado de grande importância para a comunidade médica.

Últimas Notícias | Ver todas >

Projeto Brincar é Coisa Séria.

No sábado (30/04), os alunos de Pedagogia, Letras, Artes Visuais e Educação Física da UNINGÁ e a Liga Acadêmica de Educação a Distância - LAED participaram das oficinas sobre a importância do lúdico na educação e construção de brinquedos na Brinquedoteca, localizada no Bloco R de Psicologia.

Parabéns ao Dr. Roberto Cezar De Oliveira, Pelo seu Aniversário.

No dia de hoje (13/05), parabenizamos o Reitor da instituição Dr. Roberto Cezar De Oliveira, por mais um ano de vida.

Ação Maio Amarelo

UNINGÁ esteve presente na ação Maio Amarelo, realizada nesta quinta-feira (05/05) na Praça Raposo Tavares com os cursos de Enfermagem, Educação Física, Medicina e Fisioterapia

Coordenadora do curso de Medicina da UNINGÁ tem Doutorado Aprovado pela UEM

A Coordenadora do curso de Medicina da UNINGÁ, Fernanda Cristina Coelho Musse, defendeu na última sexta-feira (29), a tese de Doutorado voltada a saúde mental durante a pandemia no Brasil, orientada pela Prof. Maria Dalva de Barros Carvalho, apresentada na Universidade Estadual de Maringá (UEM) e com grande sucesso aprovada pela mesma.

Este site utiliza cookies em sua navegação para melhorar a sua experiência.