A Uningá, através do Programa PIC UNINGÁ, oferta BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA para cada um dos cursos de graduação da IES, considerando a pontuação classificatória de cada projeto proposto.

As inscrições são realizadas apenas por docentes da IES,  exclusivamente via Internet, através deste site acessando o ambiente online do docente .

A seleção é por relatores ad hoc indicados pelo Diretor de Pós-Graduação UNINGÁ, com aprovação final da Reitoria, nos termos do regulamento da CNP, sendo a classificação dos projetos inscritos divulgada via Edital.

Projetos que necessitem de submissão ao Comitê de Ética de Pesquisa com Seres Humanos (CEP), ficam condicionados à sua aprovação no CEP para que, uma vez classificado, tenha direito às bolsas discente, docente e recursos financeiros para materiais  ermanentes ou de consumo relacionados no projeto. No caso de reprovação do projeto no CEP, o projeto em questão será excluído do edital de bolsas, ainda que tenha sido previamente classificado nos termos previstos.

 

Os critérios considerados pela relatoria ad hoc e sua pontuação correspondente são:

1- correto preenchimento do formulário da proposta (0,5 pontos);

2- Coerência e fundamentação do Objetivo e hipótese do trabalho (2,0 pontos);

3- Mérito da proposta, considerando-se o potencial para publicação (2,5 pontos);

4- Relevância e pertinência da bibliografia citada (1,0 ponto);

5- Experiência do docente gestor na orientação de trabalhos na área do conhecimento de inscrição do projeto (1,0 ponto);

6- Coerência entre o método experimental proposto e os objetivos apresentados (1,0);

7- Coerência entre a proposta e o cronograma de realização das atividades (1,0 pontos);

8- Currículo do acadêmico, a ser disponibilizado pela Secretaria de Graduação da IES diretamente à comissão julgadora, considerando-se a média geral obtida nas disciplinas cursadas e concluídas (1,0);

9- Interesse estratégico da Faculdade INGÁ* na realização do projeto proposto. (2,0). Serão considerados de interesse estratégico para IES os projetos de Iniciação científica que estejam inseridos em linhas de pesquisa já existentes e inscritas no Diretório de Pesquisa CNPq, bem
como aqueles cujo escopo possa estar inserido em área Interdisciplinar, ou especificamente Interdisciplinar em Ciências da Saúde, e/ou Ciências Biológicas, e/ou Ciências Exatas.

 

As bolsas de iniciação científica destinam-se aos discentes de graduação regularmente matriculados na IES, para desenvolvimento de pesquisa científica ou tecnológica sob a coordenação de um orientador com título de especialista, mestre ou doutor, docente da UNINGÁ e cada projeto deverá conter obrigatoriamente no mínimo 02 (dois) discentes, entretanto, cada discente poderá participar de apenas 01 (um) projeto por ano. O valor da bolsa discente, é concedida em forma de desconto no pagamento da mensalidade ou anuidade do curso de graduação em que o acadêmico encontrar-se regularmente matriculado.

Docentes com titulação de Especialista ou inferior poderão propor projetos, desde que seja comprovado seu notório saber na área em que o projeto é proposto, segundo análise de seu Currículo Lattes, disponível na Plataforma Lattes do CNPq e bolsa de IC é concedida, em circunstâncias normais, por período de um ano, não sendo renovável e também, não se concede bolsa por período inferior a seis meses.

 

São requisitos do candidato discente a bolsa de IC:

  • Estar em dia com as obrigações contratuais e financeiras com a Faculdade INGÁ.
  • Ser aluno regularmente matriculado em um dos cursos de graduação da Faculdade INGÁ, excetuando-se deste edital o acadêmico do primeiro ano e do último ano de graduação;
  • Ter concluído número suficiente de disciplinas relevantes para o desenvolvimento do projeto;
  • Ter bom desempenho acadêmico, evidenciado pelo histórico escolar;
  • Dispor-se de, no mínimo, de 6 horas semanais ao desenvolvimento do projeto de pesquisa em ritmo compatível com as atividades exigidas pelo curso durante o ano letivo e de forma intensificada durante as férias letivas, observando-se o cronograma de execução do projeto, proposto no projeto de pesquisa;

São obrigações do candidato docente à bolsa de IC

  • Dedicar-se intensamente ao desenvolvimento da pesquisa;
  • Consultar a CNP – UNINGÁ antes de aceitar eventual apoio financeiro de qualquer outra fonte de financiamento, pública ou privada, para o desenvolvimento do projeto de pesquisa relacionado à bolsa concedida;
  • Abster-se de fazer modificações no projeto (plano inicial, datas, etc.) sem prévio consentimento da CNP – UNINGÁ;
  • Apresentar relatórios mensais durante o período de execução do projeto, até o 20o dia de cada mês;
  • Fazer referência ao apoio da UNINGÁ nas obras escritas, como: monografias, trabalhos de conclusão de curso, artigos, livros, resumos de trabalhos apresentados em reuniões/congressos/jornadas e qualquer outra publicação ou forma de divulgação de atividades que resultem, total ou parcialmente, de auxílios ou bolsas da IES;
  • Indicar também o apoio de outras fontes de financiamento público ou privado que possam existir vinculadas ao projeto;
  • Utilizar as versões atualizadas das normas, formulários e procedimentos quando da apresentação da solicitação de bolsa, disponíveis no espaço reservado ao docente , no site UNINGÁ;
  • Observar atentamente todas as normativas relacionadas no presente edital, sob pena de não o fazendo, implicar no cancelamento da bolsa e a devida restituição dos pagamentos já efetuados pela Faculdade INGÁ – UNINGÁ, em valores atualizados.

 

São requisitos do orientador de projetos de pesquisa e de IC:

  • Ser docente da Faculdade INGÁ – UNINGÁ com titulação acadêmica de especialista (de acordo com o previsto no item 5,4 deste edital de bolsas), mestre ou doutor, com competência e produtividade em pesquisa na área do projeto apresentado, avaliadas pela análise de seu Currículo Lattes, na Plataforma Lattes do CNPq, bem como possuir disponibilidade, medida pelo regime de trabalho e número atual de orientandos;
  • Assinar todas as correspondências enviadas para à CNP – UNINGÁ;
  • Ser livre de relação próxima de parentesco com o candidato discente. Entende-se que a relação próxima de parentesco configura uma situação de potencial conflito de interesse que compromete a indispensável percepção de isenção na análise das qualificações e do desempenho do bolsista;
  • Emitir pareceres de mérito, quando solicitados pela CNP – UNINGÁ em assuntos de sua especialidade e dentro dos prazos solicitados;
  • Estar em dia com a CNP – UNINGÁ, quanto à devolução de processo, entrega de relatório científico e prestação de contas nos prazos pré-estabelecidos, sob pena de bloqueio na liberação de recursos;
  • Encaminhar os resultados finais das pesquisas/projetos realizados para a publicação, no formato de artigo científico. O periódico científico de submissão deve possuir “Qualis B” nacional ou superior.